Sábado, 01 Agosto 2020 01:33

BIOSSEGURANÇA | Governo disponibiliza protocolos para segmentos do turismo em Roraima Destaque

Escrito por ASCOM/SEPLAN
Tepequém é o primeiro atrativo turístico a receber as recomendações   Tepequém é o primeiro atrativo turístico a receber as recomendações Detur

Por meio da Seplan (Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento), o Governo de Roraima começou a disponibilizar aos operadores do trade roraimense os Protocolos de Biossegurança dos Serviços Turísticos, um estudo que reúne as principais orientações dos órgãos de saúde para as boas práticas sanitárias que devem ser utilizadas no período pós-pandemia, ou de acordo com a flexibilização das atividades no Estado.

A proposta é nortear os operadores sobre as condutas a serem implementadas nos empreendimentos, para que ofereçam aos turistas, consumidores e profissionais do setor a segurança necessária à prevenção da COVID-19, reforçando o Estado de Roraima como um destino seguro para a atividade turística.

A medida foi criada com base no Selo Responsável, do Ministério do Turismo, e também vai ao encontro com a proposta do Plano de Retomada Gradual das Atividades Turísticas, lançado recentemente pela Seplan. A Serra do Tepequém, situada no município de Amajari, é o primeiro atrativo a receber os protocolos. O Detur (Departamento de Turismo) da Seplan deu início nesta semana à entrega do material na localidade.

“Nós estamos com a equipe do Detur na Serra do Tepequém, repassando os Protocolos de Biossegurança aos profissionais e prestadores de serviços turísticos da região. Cada segmento tem sua respectiva orientação e protocolo a ser seguido. Todos foram planejados e elaborados de acordo com as especificidades das atividades ofertadas”, explicou o diretor do Detur, Bruno Muniz de Brito.

Bruno reiterou, ainda, que na oportunidade também será realizado um trabalho de sensibilização quanto ao papel do Cadastur (Cadastro dos Prestadores de Serviços Turísticos) e sua importância para a prática do turismo regular no Amajari. A ferramenta oferece cadastro online para pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor turístico.

O secretário de Planejamento e Desenvolvimento, Diego Prandino, também ressaltou que os Protocolos de Biossegurança servirão de base aos empreendedores para o retorno das atividades turísticas, constituindo  um dos eixos de recuperação do setor em Roraima.

“É fundamental que esses protocolos cheguem aos mais diversos lugares que ofertam atividades turísticas, para que contribuam, no momento certo, é claro, com a reconstrução e a retomada do turismo local e, consequentemente, resgatem a confiança daqueles que vêm ao nosso Estado. Nós trouxemos as orientações mundiais para a nossa realidade e queremos a participação de todo o trade porque, acima de tudo, temos que preservar a vida, seja do turista, seja do profissional que recebe os visitantes”, afirmou Diego.