Segunda, 11 Janeiro 2021 18:54

Número de servidores estaduais aposentados cresceu 174% em 2020, afirma Iper Destaque

Escrito por Luciene Sampaio
Número de servidores estaduais aposentados cresceu 174% em 2020, afirma Iper Ascom Iper

O Iper (Instituto de Previdência do Estado de Roraima) contabilizou no ano de 2020 aumento no número de concessão de benefícios previdenciários (aposentadorias e pensões) para os servidores públicos.

De acordo com o levantamento realizado pelo Instituto, foram concedidas  362 aposentadorias no período de janeiro a dezembro, um aumento de 174% nas concessões em relação ao mesmo período de 2019, quando foram liberadas 132 aposentadorias.

Também houve aumento no número de pensões por morte. No ano passado o Iper concedeu 69 pensões, resultando em aumento de 109% em relação ao ano de 2019, quando foram concedidos 33 benefícios.

Para o presidente do Iper, José Haroldo Campos, esses números são recordes e demonstram que a gestão do Instituto está capacitada e mesmo em meio à pandemia conseguiu ser eficiente e produtiva, batendo todas as metas estabelecidas.

“As pessoas que deram entrada na aposentadoria em 2020 conseguiram se aposentar em tempo recorde, reflexo do ótimo trabalho desenvolvido por toda a equipe”, explicou o presidente.

O Instituto adotou o SEI (Sistema Eletrônico de Informação) e o processo de concessão de aposentadorias e pensões é totalmente digital. Além disso,  instituiu um modelo de desburocratização e criou uma lista de documentos mais enxuta e um fluxograma simples, dando celeridade aos processos de pedido de benefício previdenciário.

O servidor público pode fazer o requerimento do benefício de forma on-line. O prazo médio de tramitação do processo de aposentadoria chega a ser de 45 dias. O  diretor de Previdência do Iper, Marlisson Lobato, afirmou que conforme as projeções atuariais, a tendência  será de crescimento a cada ano.

“Os servidores públicos estaduais vão preenchendo os requisitos para aposentadoria que são; idade ou  tempo de contribuição.Todos que tiveram os benefícios liberados já estão na folha de pagamento do Iper” explicou Lobato.