Imprimir esta página
Sábado, 27 Novembro 2021 18:56

NOVEMBRO AZUL | Homens recebem atendimento no Hospital Coronel Mota neste sábado Destaque

Escrito por Lidiane Oliveira
NOVEMBRO AZUL | Homens recebem atendimento no Hospital Coronel Mota neste sábado Ascom/Sesau

Dando continuidade à Campanha Novembro Azul, o Hospital Coronel Mota realizou, neste sábado, 27, mais um dia de atendimento aos pacientes que foram agendados durante a programação feita nos dias 11 e 12 deste mês, para a consulta com o médico urologista. Os atendimentos começaram às 7h e seguem até o final da manhã.

Os primeiros pacientes começaram a chegar cedo. A expectativa é atender, ao longo da manhã, 100 pacientes que estavam com a consulta marcada. Durante o atendimento, eles poderão apresentar o resultado do exame PSA (Antígeno Prostático Específico), que foi autorizado para realização no decorrer da Campanha.

“Cuidar da saúde é muito importante, e o público masculino precisa também de atenção especial, por isso neste mês estamos realizando essa ação aqui no Coronel Mota, que é a Unidade referência no atendimento especializado em diversas áreas. O objetivo é sensibilizar os homens sobre a importância da prevenção de doenças, especialmente o câncer de próstata”, ressaltou o governador Antonio Denarium. 

De acordo com o secretário de Saúde, Leocádio Vasconcelos, o planejamento deste ano teve como foco facilitar o acesso aos serviços, o que incluiu o agendamento da consulta e o encaminhamento para o exame de sangue, antes das consultas.

“A nossa proposta foi garantir o atendimento completo, de maneira rápida e facilitada. Para isso, foram disponibilizadas senhas para a consulta com o médico especialista e, junto, a autorização para o exame que mostra se há alguma alteração importante. Essa medida foi pensada para dar maior comodidade e resposta rápida aos nossos usuários”, enfatizou o secretário.

Campanha incluiu atendimento em outras especialidades médicas

De acordo com a diretora da Clínica Especializada Coronel Mota, Rayane Phranklismar, a Campanha Novembro Azul incluiu também atendimentos em outras áreas.

Ela ressalta que, ao longo do mês, foram realizadas consultas médicas com o oftalmologista (90), proctologista (85), nutricionista (25), nutrólogo (13), dermatologista (55), somando quase 270 consultas oferecidas ao público masculino.

“Foram atendimentos realizados especialmente para promover entre o público masculino uma oportunidade de trabalhar a prevenção. Tudo muito organizado para garantir um atendimento de qualidade e humanizado. Nós sabemos que os homens ainda têm uma resistência de ir ao médico e realizamos essa ação para sensibilizá-los sobre a importância de mudar essa ideia e manter a saúde em primeiro lugar”, frisou a diretora.

Pacientes aprovam a iniciativa 

Para Jesus Moreira Lima, de 69 anos, que foi um dos primeiros pacientes atendidos, a ação foi de grande importância.

“Eu acho bacana e louvável, pois a gente está precisando que aconteça mais desse tipo de ação e digo que os homens têm que ser conscientes, pois não podem se esquivar de fazer o tratamento, se for necessário, para evitar problemas maiores”, disse.

Já Miguel Ferreira dos Santos, de 63 anos, quando soube da ação, se programou para passar pela consulta e achou espetacular a preocupação do Governo de levar saúde para quem não tem condição de pagar pela consulta particular.

“Eu achei extraordinário esse serviço. Vi na televisão que teria essa atividade e me programei para estar aqui e fazer esse procedimento para preservar a minha saúde. Apesar do preconceito que ainda há, é preciso colocar a saúde em primeiro lugar”, afirmou.

O médico Marcos Barroso, urologista que integra a equipe do HCM, alerta que os cuidados devem ser mantidos de forma contínua.  

“Reforço que a Campanha do Novembro Azul teve como foco orientar esses homens, mas é preciso manter o rastreamento da próstata, o que inclui o atendimento para manter a rotina médica para excluir um possível tumor de próstata”, alertou.