Quinta, 23 Dezembro 2021 16:39

MAIS MEDICAMENTOS Governo reforça atendimento de pacientes com Leucemia e doenças pulmonares Destaque

Escrito por Aymê Tavares
MAIS MEDICAMENTOS  Governo reforça atendimento de pacientes com Leucemia e doenças pulmonares Ascom/Sesau

Para garantir que os pacientes em tratamento sejam atendidos em sua plenitude, o Governo do Estado adquiriu medicamentos importantes para o tratamento de doenças como hipertensão pulmonar primária ou secundária, Cirrose biliar primária, Anemia falciforme e Transtornos falciformes heterozigóticos duplos.

Entre os medicamentos adquiridos estão Hidroxiuréia, utilizado para o tratamento de leucemia, que foi adquirido por meio de parceria com o Estado de Minas Gerais, que garantiu a compra de 80 mil comprimidos e Ambrisentana, Bosentana e Ácido Ursodesoxicólico.

Pacientes que realizam o tratamento com o uso dos medicamentos, tanto na rede estadual quanto na rede particular, podem comparecer na CGAF, localizada na Av. Mário Homem de Melo, 4467, bairro Caimbé, para realizar a atualização dos dados, com laudos e receituário médico, para ter acesso ao medicamento. A coordenadoria funciona em horário comercial, das 8h às 12h e das 14h às 18h, de segunda a sexta feira.

“Todos os medicamentos fazem parte do componente especializado da assistência farmacêutica e o acesso a eles se dá mediante cadastro, de acordo com os protocolos clínicos e diretrizes terapêuticas do Ministério da Saúde. Por isso é necessário que os pacientes estejam com o cadastro atualizado”, enfatizou a diretora do Departamento de Assistência Farmacêutica, Izabele Izaura Brandão.

De acordo com o secretário de Saúde, Leocádio Vasconcelos, os medicamentos que estão sendo entregues na CGAF (Coordenadoria Geral de Assistência Farmacêutica) são de extrema importância para a assistência de pacientes em tratamento.

“Trabalhamos incansavelmente para garantir que a partir de agora, esses medicamentos cheguem no tempo certo, na dose correta e com a regularidade adequada para a realização de todas as cirurgias e também para a continuidade dos atendimentos em todas as unidades”, reforçou o secretário.